quarta-feira, 29 de agosto de 2012

SOMENTE TU




Meus dedos tocam-te
Como se sonhasse
E olho sem palavras
Lendo tua alma

Mansamente
Mãos nas mãos
Sussurras o que quero ouvir

Nossos corpos enleados
Ondulam em deleite
Como barco nas ondas
De um mar de amor

Mar…
Como marcasse a distância
Mas a presença dum beijo
Degustado
Na saudade de um querer mais…


Fátima Porto

1 comentário:

  1. Querida amiga e poetisa Fátima!!!

    Perdoa-me a invasão, mas temos amigos blogueiros comuns. Seu blog é lindo e suas poesias belíssimas. Adorei esta em particular. Já sou seu seguidor. Meus parabéns!
    Beijos dxe luz !!

    Poeta Cigano - 14/10/2012

    http://carlosrimolo.blogspot.com

    ResponderEliminar

DESCOBRIR-ME...