segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

ESPERO EM TI





Meu corpo se estingue
Apenas para ti
De tentações e desejos

Mansamente
Te aguardo
Deleitando-me
Em todo este anseio

Oh como calamos
Ausentes de tudo
Doces carinhos
Em afagos de beijos
Voando para o aconchego
Do vazio sentido …


Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário