sábado, 12 de janeiro de 2013

MANSAMENTE





Vem…
Vem que na espera
Eu já sinto tua presença
Teu perfume e teu olhar

Vem…
O calor dos teus braços
E beijos num querer
Ainda mais louco

Vem…
Tuas caricias na distância
Sinto a degustar
Atraindo nossos corpos
Em desejos e vontades

Vem…
Queremos-mos mais que nunca
Até que o cansaço nos consuma
Pousando a cabeça no teu peito
Serenamente deleitados

Vem…
Que a noite é longa
Esperando por nós
Em prazer de desejos
Suavemente degustado
Até que desponte o dia…


Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

1 comentário:

  1. Fátima Porto

    Encantada com sua Poesia
    e encantada te sigo...

    Saudações Poéticas...!!

    "Alma Exposta"
    Poemas, Poetas e Poesias
    Para Romântic@s Incorrigíveis
    haydeecerantola.blogspot.com

    ResponderEliminar