quinta-feira, 18 de julho de 2013

BEIJO O TEU BEIJO

BEIJO O TEU BEIJO

É na minha sede
Que bebo o teu beijo
Com a vontade e desejo
De quem ama

Espraio-me em teus beijos,
Mas quando as bocas se tocam
No mesmo amor,
Imanam melodias
Por nós entendidas

É saudade a abrandar
E satisfazer nosso amor,
Levemente aqui e agora,
Porque mais tarde, volta…

Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário

RASAS E ESPINHOS