segunda-feira, 15 de julho de 2013

DOU-TE UMA ROSA

DOU-TE UMA ROSA

Não quero olhar em teus olhos
Mas dou-te a rosa
Porque meus olhos me iriam trair

Teu rosto
Teu corpo
Nosso desejo
E não quero

Mas minha alma diz o contrário
Por isso não te encaro
Para não veres
Lágrimas a rolarem
E conter um grito
Para ficares comigo

Não vou arrastar
Nem pedir para que fiques
Mas mesmo assim
Eu vou amar-te
E desejar-te

Não me olhes
Apenas recebe esta rosa...

Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário