terça-feira, 24 de junho de 2014

LÁGRIMAS D'EMOÇÃO

LÁGRIMAS D’EMOÇÃO

Ao sabor do momento,
Do sofrimento,
Pel’alegria,
Ou num delírio teimoso da Alma,
Os olhos choram

Lágrimas quentes
Mas que gelam o coração,
Como a chuva que cai do céu,
Querendo voltar

Lágrimas são como poemas,
Alegres,
Felizes,
Deprimidos,
Amargurados,
Em confissões,
Com emoções,
E no silêncio da solidão

Lágrimas são gotas,
Tantas,
Como os mares,
Cheios com os pingos da chuva

Lágrimas,
Que espreitam,
Tal como as vertidas do céu,
Para um dia,
Se tornarem Poesia...

Fátima Porto

Sem comentários:

Enviar um comentário