sábado, 25 de junho de 2011

CORRIDA DO TEMPO


PÁREM
Parem os relógios
Páre o tempo tambem
as horas
minutos
segundos
A vida corre
em turbilhão
o tic tac
não pára
Não existe silêncio
E os ponteiros continuam a girar
no seu compasso
como uma bola de sabão
gira pelo ar
até rebentar
Tudo gira
rodopia
mesmo num compasso de dança
E o tempo nao pára
nem mesmo
por um segundo...

Sem comentários:

Enviar um comentário

SOU MULHER E MISTÉRIO