sábado, 12 de maio de 2012





(…)
‎...Oh meu coração, que vais sarando feridas, trancadas na solidão,
voa no pensamento dos sonhos
que um dia alcançarás!..


Fátima Porto

Sem comentários:

Enviar um comentário

A MUDANÇA ASSUSTA