sábado, 19 de maio de 2012


….

…Espera longa
Num silêncio apagado
Onde as noites se confundem
Com dias tristes

Lençóis numa cama feita
E um telefone sem tocar
Porque a espera é longa….


Fátima Porto

Sem comentários:

Enviar um comentário