quarta-feira, 9 de maio de 2012

MEDO




O medo é inimigo
Quando é imaginário
E vive dentro de nós

Temos
Medo de viver
de morrer
de acordar
de adormecer
de sofrer
de ser feliz

Por medo
Deixamos de viver
passamos a sobreviver
deixamos de lutar
tornamo-nos cobardes
não somos felizes
vivemos infelizes

Coisas que deixamos de fazer por medo
medo que existe dentro de nós

Nós próprios criamos e alimentamos
Pois na nossa vida algo correu mal
Ficamos com medos que volte a acontecer
Porque restam feridas difíceis de sarar
E muitas vezes deixa-se de lutar

Esse medo vive na nossa imaginação
Medo que nos faz sofrer

Deixa de sobreviver
E volta a viver...

Com este medo ninguém resiste…


Fátima Porto

Sem comentários:

Enviar um comentário

SOU MULHER E MISTÉRIO