quarta-feira, 23 de novembro de 2011

MULHER|AVE AGONIZANTE


Alma aniquilada
Frustrada
Imaginação morta
Como uma ave moribunda

Mulher amordaçada
Torturada
Violada
Calada
Escondida
Por medo
Vergonha

Basta!
Basta!!

Mulher de alma esfarrapada
Coração ferido
Calcado
Esventrado
Dá vida ao pássaro
Que habita em teu ser
Deixa-o voar… voar

Mulher
Ser maravilhoso
Que não foi criado
Para ser espezinhado
Mas para ser AMADO!


Poema editado no Jornal O REBATE de Macaé - Brasil

Sem comentários:

Enviar um comentário

PEDRAS DA CALÇADA