quarta-feira, 23 de novembro de 2011

QUIMERA


Sonho
Sonhado
Em vãs quimeras
Para trás deixado

Em deleite prostrada
Quisera eu
Ter-te presente
Coração afagar
Carinhos meu corpo gozar

Loucura
Tais quereres
Quando se está só
Vontade de fechar olhos
Para não voar
Nas asas da fantasia



Poema editado no Jornal O REBATE de Macaé - Brasil

Sem comentários:

Enviar um comentário