domingo, 20 de novembro de 2011

ROSA QUEIMADA


Rosas que incendeiam
Em pétalas de ardor
Com espinhos que ferem
Feridas profundas
Causam lágrimas
Sentidas
Que dilaceram
Almas puras
Incendiando corações
Latejando forte
Em desejos contidos
De um pensamento
Voando para bem longe
Na brisa quente
Da rosa queimada…


Poema editado no Jornal O REBATE de Macaé - Brasil

Sem comentários:

Enviar um comentário