terça-feira, 24 de abril de 2012

BÚZIO PERDIDO




Guardei -o
No mar do meu Ser
Bem profundo na alma
Coberto de saudades
Da praia d’onde o encontrei

Navega seguro
Nas minhas recordações
Como areias quentes
Em abraços perdidos em mim

Aconchego nele
Deixando-me levar em sonhos
Até adormecer…


Fátima Porto

Sem comentários:

Enviar um comentário

RENDER-ME AO CASTIGO