quarta-feira, 25 de abril de 2012

SENTIR UM ABRAÇO



Quero sentir o abraço
Onde encoste a cabeça no ombro
Sinta o calor encher minh’alma
Vazia de palavras

Queria sentir um abraço
No silêncio do olhar
Sem promessas ditas
Apenas ter conforto

Sonhava sentir o abraço
Por breves devaneios
De teu corpo em meu enleio
Ledo e cego meu coração ficaria…


Fátima Porto

Sem comentários:

Enviar um comentário

UTANHA WÁTUA!

Singela homenagem a Carlos Gouveia (Goia),conhecido poeta Angolano Benguelense Retirado do seu livro com Edição CONVIVIUM BENGUELA 1972 ...