sábado, 21 de abril de 2012

PENSANDO




Descanso
Penso
Sonho
Fecho os olhos …e imagino

Gotas de chuva a cair
Como beijos a tocar no rosto
Em carinhos meigos
Suaves como a brisa
Que levam a minha fantasia

Quimeras com sabor a perfume
De pétalas soltas ao ar
Num eco sem retorno
Em profundo silêncio
Na minha solidão…


Fatima Porto

SEGREDOS DO TEMPO




Olho o tempo
Que passa ligeiro
Rodando nos ponteiros
Fazendo soar tic-tac
Como o bater do coração

Gira e gira
Mas o tempo não passa
Como se os ponteiros voassem
Deixando o tempo parado
Numa agonia sem fim

Vejo e torno a olhar
Se algo de momento se transformou
Mas o tempo passou com a brisa
Leve de mansinho
Que nem em mim tocou

Oh tempo por onde andas
Que passas parado em silêncio
Conta-me teus segredos ligeiros
E fazendo tic-tac ao meu ouvido…


Fatima Porto




...As lágrimas podem durar um noite,
mas a alegria chega ao amanhecer!...


Fatima Porto


…O olhar não mente
A dor fortalece
Chora-se sem lágrimas
As palavras têm força
Sonhar não é idealizar
Hoje é o reflexo de ontem
Fazer é melhor que falar
Os verdadeiros Amigos permanecem
Ter Amigos é necessário
Sermos nós mesmos sem fingimentos
Beleza não está no que vemos, mas no que sentimos
E existe um grande segredo na Vida que se chama: VIVER!...



Fatima Porto




...Ponha o Sol nos seus Sonhos,
e eles jamais deixarão de brilhar!...


Fatima Porto




...A Vida é feita de MOMENTOS...
e nada é feito por acaso!...


Fatima Porto.




…É através do sorriso que se vê
O quanto se é forte
Mas é pelo olhar que se sente
A Felicidade!...


Fatima Porto

sexta-feira, 20 de abril de 2012

PASSADO ANCORADO




Ancorado numa praia qualquer
Navio sem destino e sem rumo
Adornaste vazio de ideias
Perdido no tempo

Pescam saudades
No mar profundo
Sem ondas, em calmaria
Aquecido pelos braços do sol

Serves de muro numa idade esquecida
Em ferros entorpecidos pelos anos
E de quantas lágrimas derramadas
Misturadas nas águas desse mar imenso

Praia marcada
Em areias palmilhada
Por juventudes levadas pela brisa
Dos tempos de outrora ….


Fatima Porto




...Sonhos...Sonhos..como é bom viver de quimeras
quando a solidão apenas traz desilusão!..


Fatima Porto

BEIJOS NO OLHAR




Beijos que sentem o olhar
De um perfume sublime

Beijos com lábios em pétalas
De vontades transformados

Beijos no doar mesmo de espinhos
Suavizado com o orvalho da manha

Beijos dissimulados em flores
Levados na distância do pensamento

Beijos onde sentimentos
Falam palavras sem explicação no puro silêncio…



Fatima Porto



...Quando quiser chamar um Amigo
não grite com a voz
mas sim com o coração
porque ele não conhece Distâncias!...


Fatima Porto

O LIVRO E EU



Sou como um livro

Existem aqueles que só se interessam pela minha capa
Mas também quem “viaje” comigo

Há pessoas que nunca tentaram
Nem nunca quiseram “ler-me”

Outras quantas, soltaram seus sentimentos
Depois de verem meus escritos

Mas também existem pessoas
Que apenas em mim procuram, palavas de consolo

Mas tal como um livro
Sempre trago algo de bom!


Fatima Porto




...Hoje acordei com a certeza,
que por mais que queiram,
ninguém vai tirar o meu sorriso!...


Fatima Porto



...Quando uma pessoa usa de SINCERIDADE,
é como um sapato de salto alto
mesmo enfeitado, faz doer!...


Fatima Porto.

quarta-feira, 18 de abril de 2012





...É em noites de solidão que meu pensamento vagueia sem bússola,
onde letras se perdem no ar
ficando apenas o vazio das lágrimas a correr!...


Fatima Porto.




...Quão leve me sinto, pelas palavras perfumadas da manhã, invadindo a janela do meu Ser!...

DIVAGANDO





Sou aquilo que sou
em pensamentos
imaginaçao
poetizando sentimentos
escondidos em minh'alma

Num querer abarcar
tudo onde nunca fui
querendo ser,a procura de mim
correndo veredas
calcorreando atalhos sem fim

Olhando o horizonte
por distancias
incalculáveis
onde o sentimento vê
O que os olhos não alcançam

Como vou divagando....
como chuva branda
num dia de calor
para apaziguar
minha dor!!


Fatima Porto.





…Não me lamento pelas perdas
Às vezes são necessárias
Para encontrar-me...


Fatima Porto




…Ame a Vida
Profunda e completamente…
Arrisque tudo
Porque ontem pode ser tarde demais!...


Fatima Porto



…O tempo e a solidão
Meus melhores companheiros

Escrevo palavras que as deito ao mar
Contidas no meu peito
No silêncio esperadas
De boca calada…


Fatima Porto

terça-feira, 17 de abril de 2012





….Chorei
Fiz cara feia à Vida
E parti na minha solidão…

Mas a Vida riu-se de mim
E mostrou-me o Amor!...


Fatima Porto

APETECE-ME




Teus beijos doces
Embalam o repouso
Na vontade serena
De juntos estarmos
Em tão grande afeição

Olhares que percorreram
Caminhos secretos
E mãos que leram
O sentir dos corpos
No encaixe perfeito

Quero adormecer
Em teu abraço
E sentir no silêncio
O calor do amor
Falado sorrindo…



Fatima Porto

segunda-feira, 16 de abril de 2012

SENTIR DAS MÃOS




Sente no espaço
O vibrar do toque
Da minha mão na tua
Num sentimento de paz

Fecha os olhos
Nossas palavras juntam-se
Como a vontade dos corpos
Que em uníssono se doam

Imagino bem perto
Cabeça no teu peito
De respiração profunda e leve
Sem deixarmos de nos sentir

Vem
Dá-me a tua mão
Andaremos sempre de mão dada …



Fatima Porto

PALAVRAS NÃO DITAS



Por entre as paredes
No silêncio da noite
Um tule cobre os meus sentimentos
Para não se evadirem
Do mais profundo do meu ser

Ninguém sabe
Nem à lua eu conto
Que espreita minhas lágrimas

Meu sentir é transparente
Como o pano que os tapa
Numa alma límpida que espera
Por um olhar que faça tudo destapar

Nas noites me perco na solidão
De palavras que não digo
E de respostas que não quero perguntas

Fica em mim toda esta afeição
Até um dia amanhecer…


Fatima Porto

SONHO PRESENTE




Olha-me através da distância
O fundo da minha alma
E sente o que sentimos
Não é sem fundamento

É um amor calmo e sereno
Que não tem barreiras
Nem tempo
Como águas de um rio
Deslizando ate seu destino

Queremo-nos tanto
De um amor longínquo
Se faz presente
No calor dos braços teus

Em fixo olhar calando palavras
Silenciam-se beijos
De nosso amor sonhado…


Fatima Porto




…Liberta-te do passado, das mágoas…
Daquilo que não te faz Feliz…
Sê livre para a Vida…
Para o Amor…
Para ti mesmo!...


Fatima porto

domingo, 15 de abril de 2012

É ASSIM...




É assim com esse olhar
Que te quero
Um olhar doce e meigo
De uma cor que nem sei definir

É assim neste pranto
Que meus olhos te vêm
E meu peito te sente
Mágoas de um amor ausente

É assim que me dou
No silêncio das noites sem ti
Que vejo teus olhos em mim
Num querer ainda maior


É assim nosso amor suave
Como nuvem que passa ligeira
Aquecido pelos raios d’um sol de verão
E regado com lágrimas por não puder gritar:
Nosso Amor é Assim!


Fatima Porto



Eu aprendi...
...que algumas vezes tudo o que precisamos é de uma mão para segurar
e um coração para nos entender


Fatima Porto



...Apanha-me...

...Agarra-me...

...Ama-me!



Fatima Porto



…Guardei minhas tristezas
Desilusões e mágoas
Para as levar para bem longe

De tão pesadas que eram
Todas caíram…

De alma mais leve
Olhei… e sorri!...



Fatima Porto