sexta-feira, 5 de agosto de 2011

VERMELHO E BRANCO


Minha saia vermelha
Atrai-te
Minhas pernas
Seduzem-te
De tronco nu e calças brancas
Acaricias-me
Tendo meu cheiro
Meu sabor
Teu vício de querer
Explorar caminhos meus
Tuas mãos vão percorrendo
O que te atrai
Vindo ao meu alcance
Sabendo que também te quero
Mas que de inicio
Vou dizendo talvez
Na arte de sedução
Como te quero também
Mas como soubeste aproximar
Como um animal
Rondando sua fêmea em cio
Até concretizar sua cópula
Depois de carinhos
E desejos mútuos
Atracão fatal
Vermelho e branco…

Sem comentários:

Enviar um comentário

SENSATEZ?