sábado, 24 de março de 2012

FOLHA GRAVADA




Quantas poesias te escrevo
Em folhas de tinta branca
Que só tu entendes
Todo o meu sentimento

Em cada folha há ardor
De te querer para mim
Teu abraço, o teu colo
Olhares de palavras sinceras

Beijos de nossas vontades
Em nós dados nas almas
Sentirmos o calor de nós dois
Deliciosamente colados

Como nos queremos, eu e tu
Nestas missivas gravadas
Nossos corações têm um tesouro
Escritas em folhas de tinta branca

Esta folha está gravada
Nos olhos da minha alma
Todo um sentimento tido
E uma paixão guardada…

Sem comentários:

Enviar um comentário

DESCOBRIR-ME...