sexta-feira, 30 de março de 2012

TERNURA E PERDÃO




Olho o céu
E rolam lágrimas
No mar das desculpas
De vontades e desejos
Pelo silêncio das palavras
Num olhar verdadeiro

Estendo a mão
À brisa que passa
Que calada me trás carinhos teus

Limpo o rosto no perdão
Sentindo teu abraço
E o secar da última lágrima
Quando olhares para mim
Com carinhoso beijo…



Fatima Porto

Sem comentários:

Enviar um comentário

RENDER-ME AO CASTIGO