sábado, 15 de junho de 2013

ADORMEÇO



No encanto
Do repouso,
Cheiro a rosa que me deste,
Fechando os olhos
No fascínio de odores,
Fantasias

Sinto teu abraço,
Afagando os cabelos,
Um olhar profundo,
Meigo,
Lendo a alma

Peço-te beijos,
Calados,
Carinhosos,
Suaves como penas,
Mas arrebatadores
Como a fúria do mar

Corpos envolvidos
Queridos
Transpiram paixão

Adormeço
Em minhas fantasias
Pela rosa que me deste ….

Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário