terça-feira, 4 de junho de 2013

NÃO TEM EXPLICAÇÂO




Nós reclamamos a presença,
Porém nossos corpos não precisam de estar perto,
Basta que fechemos os olhos
E senti-mo-nos

Nossa imaginação não tem fim,
E do longe, fazendo-se perto,
Também o calor d’um abraço é sentido,
Não tem explicação

Sentimos o toque dos lábios,
Saboreando um longo beijo

Nesta distância,
Fechamos os olhos para sentir
Nossas emoções,
Sendo um do outro
Sem palavras,
Só o que o coração diz…

Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário