segunda-feira, 10 de junho de 2013

SOMENTE ASSIM





Quero sentir o teu medo
Ao olhar-me

Quero sentir o teu desejo,
Ao desejar-me

Quero sentir o teu corpo,
Junto ao meu

Quero sentir o teu olhar,
Ao cruzar-se com o meu

Quero sentir o teu amor,
Ao amar-me

Quero sentir o teu beijo,
Ao beijar-me

Quero sentir-te sempre,
Simplesmente em mim…




Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário