terça-feira, 4 de junho de 2013

QUANDO ESTOU SÓ




Quando estou só,
Sinto mais tua presença,
Voando para um outro espaço,
Um outro mundo,
Outra constelação

E nos meus silêncios,
Vejo-te chegar
Sem dizeres nada,
Somente um olhar profundo
Que fala tudo, tudo

Mas quando estou só
É que eu me abraço,
Para sentir o calor
Que deixaste em meu corpo,
Pois a distância, mesmo em outra dimensão,
Nos faz estar mais presentes

Quando me sinto só,
Sonho estar contigo
Para dizer o quanto te amo…


Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário

AO TELEFONE TUA VOZ, NOSSO DESEJO