quarta-feira, 5 de junho de 2013

MEUS SONHOS




A distância é longa,
O mar calmo,
Um sol ardente,
E uma espera

Tudo me faz lembrar de ti

Viajo em praias por inventar
Onde sereias encantam
E devolvem às areias meus sonhos

Vagueio pisando conchas e búzios
Que sussurram baixinho, segredos nossos
Vão consolando minha solidão

Sopra brisa amena,
Que ao passar p’lo meu rosto
São beijos e caricias tuas,
E que fazem soltar meus cabelos

São saudades de minh’alma,
Que guardo dentro do peito…


Fatima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário