sexta-feira, 11 de julho de 2014

FRAGRÂNCIAS

FRAGRÂNCIAS

Perfumes,
Para que servem,
Se mesmo à distância
Ainda sinto o teu aroma

Nem as mais belas flores
Contêm o teu cheiro
Vindo do beijo e p’lo anseio

Ventos trazem a fragrância de ti
Causando um calor que abafa,
No fresco silêncio do entardecer

Um abraço perdido em mim,
No murmurar suave da tua voz
Guardado em mim,
Faz acalentar minh’alma

São as asas perdidas da imaginação,
Que me fazem ficar mais perto,
Pois nossos cheiros se envolvem
Como o próprio Amor…

Fátima Porto

Sem comentários:

Enviar um comentário