quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

FIM DE LUTA




Combates
Lutas
Provando o sabor da espada
Numa alma sangrando
De angústias sem lágrimas
Em rios secos de emoções

Disputas em fortes atalhos
Sem nunca baixar cabeça
Mostrando em próprio ego
A força das palavras sentidas
Em emoções contidas

Guerreira
Teu combate terminou
Cruza tuas mãos sangrentas
Das vísceras do inimigo
E dá cânticos de vitória
Celebrando com néctar de Baco
Em tua honra…

Sem comentários:

Enviar um comentário

QUANDO NOSSAS BOCAS SE UNIREM