sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

MEU CORPO


Com toques suaves
te delicias
suavemente em mim

Quanta música
pela ponta dos teus dedos
percorrendo
o teclado imaginário
existente

Um Danúbio Azul
onde àguas deslizam
calmas
serenas

Um Baile dos Cisnes
sentindo a leveza
do voo do desejo

Um Beijo Roubado
doce e terno

E porque não I have a dream
em tons suaves
mas tambem graves
mostrando o querer do sonho

Ou como Chico Buarque diz:
Chega de saudade
porque mata aos poucos
quem ama tanto
tanto desejo
querer
em tanta música
no meu corpo...

1 comentário:

RENDER-ME AO CASTIGO