sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

PALAVRA SAUDADE



Ah saudade
Palavra pequena
Mas que enche o coração
Que flagelas a alma
Golpes profundos, doridos

Essa palavra saudade
Cala fundo
De mansinho
Em nós tristes apertados
Que abafam “ais” sofridos

Essa palavra saudade
Voa no mar da distância
Num sopro em desalinho
Vem sussurrar baixinho

Essa palavra saudade
Cor de fogo com que arde
E de longe trás um beijo
Deixando cair uma lágrima
De um olhar triste e distante

Essa palavra SAUDADE…

2 comentários:

  1. Há essa palavra saudade, tantas vezes sentida, triturada no peito a remoer de saudade. Quisera eu não sentir esse aperto no peito, mas é sempre a saudade traduzida em dor de sentir o amor distante, pensamentos que busca matar essa saudade que me tortura.

    ResponderEliminar
  2. A multiplicidade de sentimentos podem conduzir-nos à nostalgia, melancolia e carpir lembranças.
    Esquecemo-nos que o passado não se repete, só o lacrimejar aflora os sentimentos, mas emurchece.

    ResponderEliminar

SONHO EM DELÍRIOS