sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

TERRA SEM IDADE



…”Ah doces ventos nas palmeiras
Semeando tristezas nos corações
No ardente calor das almas dispersas
De mãos dadas com sabor a maresia
Onde a terra não tem idade
Nem rugas ou nostalgias
Apenas uma brisa quente
Chamada SAUDADE!”…

Sem comentários:

Enviar um comentário

DESCOBRIR-ME...