quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

PIANO QUEIMADO




Queimam labaredas
O meu piano
Desprendem-se teclas
Sem sair sons

Fogo aceso
Incinera música
Muda
Que não toco

Acordes fortes
Confundem-se
Em pianíssimo
Numa cadência acelerada
De todo fervor

Já não consigo ouvir
Melodias de antigamente
Dispersas pelo fumo negro
Levadas de um piano carbonizado
Inerte

Apenas se ouve
O estalar do fogo
Em notas distorcidas
De sustenidos com bemóis
Uma valsa
Um tango
Uma mazurca
Tudo se perdeu num piano que ardeu….

Sem comentários:

Enviar um comentário

FAZ FALTA OUVIR O CORAÇÃO