sábado, 6 de abril de 2013

QUE IMPORTA




Que me importam os defeitos
Se conheço teus costumes

Que me importam fantasias
Se conheço teus instantes

Que me importa a ausência
Se pressinto tua presença

Teu ser é de fascinar,
Defeitos são de amar-me,
E as fantasias voam ao meu encontro
Em momentos que espero por ti

A tua figura faz-me arrepiar
Só por saber
Que sempre nos iremos amar…


Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário