terça-feira, 9 de abril de 2013

TANTA COISA




Tanta coisa para te dizer
Se contigo pudesse estar
Descrever-te o que sinto
Do quanto dói tanta saudade

Abraçando-te na imaginação
Com mágoa no peito,
Queria cobrir teu chão vermelho de beijos
Dizendo que te amo à minha maneira

Tanta coisa queria dizer
Mas abafam-me as palavras
Que se estivesse contigo
Nem precisava escrever

Estando tão distante e tão perto
Numa ausência de esperança
Queria ver-te da minha janela
E sentir o cheiro do sol a pôr-se

Tanta coisa para te dizer
Nem sei onde começar,
Se do amor, ou saudade,
Por estares sempre no pensamento
Minha terra,
Minha Angola que eu Amo…

Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário

AO TELEFONE TUA VOZ, NOSSO DESEJO