sábado, 27 de abril de 2013

TUA FALTA




Vi-te e parti,
Ficou a saudade
E como me fazes falta,
No sentir dum vazio,
Na solidão

Como faz falta
O teu sentir,
O calor dos teus abraços,
Teus beijos,
O estar aqui, neste momento

Ah como me fazes falta,
Tanto como o ar que respiro,
O sorriso no teu olhar
Nas noites que não durmo,
E fazes amanhecer contigo

Como fazes falta,
No aconchego do entardecer
Ouvindo tua voz,
Olhos nos olhos

Fazes-me falta…

Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

1 comentário: