segunda-feira, 15 de abril de 2013

SENTE




Na minha solidão
E em tua ausência
Eu sinto-te presente

Mas a tua falta faz-me frio
Como em noites sem estrelas
Ou nas sombras dos dias com sol

Aqueço em meus braços
Num amor que queima
Fortalecido pela distância
Inebriando todos sentimentos

Este Amor que faz com o verbo amar
Uma admirável ligação
E que se alimenta de bocas sedentas
Dos beijos que precisam

Sente o presente num amanhã
Regado de vontades e quereres
Entoando melodias vindas do coração

Sente e ouve…

Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário

POUSAS AO DE LEVE