domingo, 12 de abril de 2015

BASTA DE SOFRER

BASTA DE SOFRER

Dorido,
Sangrando,
Cansado, pobre coração
Esventrado de feridas profundas

Louco e alucinante
Entrega-se nas garras do amor,
Perdendo o sentido real,
Para na solidão gritar

O silêncio é seu companheiro,
Mesmo em ideias distantes,
Destruindo quimeras

Basta! Quero ir mais longe
Sarar minhas feridas,
Clamar bem alto
O que profundo me dói,
Sem ecos abafados…

Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

2 comentários:

  1. Assim Sim menina Fátinha .
    Como sempre Adorei !
    Tu és demais a jogar com as Palavras .Simplesmente SUBLIME !
    Obs-Dp temos que colocar aqui o Plugin do FB ,não custa absolutamente nada..A ver se agora esta semana que vai entrar fazemos isso ,ok?
    Beijocas Milhões no teu Grande Coraçon :)

    ResponderEliminar
  2. Gostei mesmo, lindo
    Luis

    ResponderEliminar