quarta-feira, 22 de abril de 2015

SIMPLESMENTE ASSIM

SIMPLESMENTE ASSIM

A nossa voz é silêncio,
E somos contornados de sentimentos,
Na presença,
Ausência,
Chegada e partida

Estamos em outra dimensão,
Porque existe um mistério em nós
Pois somos simplesmente assim…

Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário