sábado, 11 de abril de 2015

CHUVA

CHUVA

Chuva de lágrimas misturada
Vai escorrendo p’lo meu rosto
Em murmúrios de silêncios afogados,
Numa alma seca de clamores…

Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário

A MUDANÇA ASSUSTA