sexta-feira, 8 de julho de 2011

AUSÊNCIA


Que inunda a alma
Retalha o coração
Dos beijos ausentes
Memórias de um tempo
Ausente
Mas não
Há vazio esquecido
O tempo levou-te para longe
Deixando momentos
Inolvidáveis
De abraços que hoje
Estão frios de ti
De toques de mãos suaves
Em corpo ausente
Arrepio invade
À lembrança de meus cabelos
Acariciados
Um desejo
De uma cama que não existiu
Mas que perdidamente
Deitámos nela
Sem pudor de um querer
E ultrapassando barreiras
Eternizando na união
De seivas e fluidos
D’um amor enlouquecido
Porque seria um amor sonhado
Desejado
Querido
Mas…. Ausente …

1 comentário:

  1. "D’um amor enlouquecido
    Porque seria um amor sonhado
    Desejado
    Querido
    Mas…. Ausente …" amor que tudo mereceu , triste a ausência do mesmo Lindo Fatima Bjos

    ResponderEliminar

ANJOS OU DEMÓNIOS