quarta-feira, 20 de julho de 2011

PEITO DORIDO


Colo em mim
no meu peito dorido
rosa vermelha
que sangra a alma
das feridas eternas
Rasgo-me
esventro o meu ser
da dor que sinto ter
Espinhos
que perfuram em mim
tudo o que sinto
e me fazem sangrar
gota a gota
a angústia
nela contida
Meu peito dorido
sangra feridas eternas...

Sem comentários:

Enviar um comentário