domingo, 10 de julho de 2011

LÁGRIMAS E DOR


Paixão não é Amar
em turbilhão de querer
possuir outro ser
Mas que revolta dá
a dor da vida
entre quatro paredes
Paixão com ciume
só pode dar
uma existência negra
maltrada
espezinhada
como se nada valesse
Calam-se bocas
por vergonha
ou timidez
escondendo lágrimas de dor
Viver por viver
é nada
aguentar até poder
Vida inútil
triste
angustiada
chorando lágrimas de sangue
d'uma alma trocidada
na valeta da estrada...

Sem comentários:

Enviar um comentário