quarta-feira, 6 de julho de 2011

TEMPO NO TEMPO


Tempo que anda no tempo
Parando
Deixando réstias
Do tempo passado
Tempo presente
Pára
Que o tempo futuro
É incógnita
Gira em ti
Tempo
Fazendo a roda do tempo girar
Gira que gira
Mas volta ao ponto de partida
Do tempo passado
Presente
Tempo não ande depressa
Que o futuro espreita
Tempo que anda no tempo
Dentro de uma ampulheta
Vai correndo devagar
Até tudo acabar…

Sem comentários:

Enviar um comentário