quarta-feira, 14 de março de 2012

MOMENTOS...




Um jantar a dois
Em que os olhares se tocam
Com palavras sentidas
Caladas em murmúrios
Numa alma que vibra
Dos segredos contados

Mãos que se escondem
De uma paixão que grita
Em momentos de ardor e clamor
Enleando nossos corpos com beijos
Sem nada ocultar

Momentos de prazer
Degustando nosso vinho natural
Em fragrâncias que nos deliciam
Deixando em êxtase total

Momentos que sonhamos
Que virão…

terça-feira, 13 de março de 2012

SAUDADES DE TI




Sinto saudades de ti
Os caminhos da vida não são só pétalas
Eles têm rosas com espinhos
Que magoam e ferem
E nos esventram a Alma
Abrindo feridas profundas
Fazendo chorar lágrimas de fel

Sinto saudades de ti
Como o orvalho da manhã
Que rega a tristeza da noite
Numa solidão escura que os olhos sentem
Onde as mãos procuram no vazio de nada

Sinto saudades de ti
Grito teu nome onde o eco trás a tua voz
Calando baixinho o bater de um coração
Pois altera o desgosto em alegria quando te ouve
E quer como tu és mesmo assim

Sinto saudades de ti
Porque…

(...)

..."A objectiva captou
o sentir de nossa Alma,
no profundo desejo
de corações com Saudades..."

QUERO-TE




Quero-te sentir junto a mim
Tristezas transformadas em sorrisos
Num caminhar lado a lado
Entre vales e planícies
De beijos e abraços

Quero-te pelo que és
No profundo do teu ser
À distância no presente e aqui
Olhando e sentindo as palavras não ditas

Quero-te amar ao pôr-do-sol à tardinha
Numa praia em que o mar bate ligeiro
Onde a brisa amena despenteia nossos cabelos
E nos faz aconchegar ainda mais

Quero-te no silêncio da noite
Quando os corações batem acelerados
Dizendo que é pouco, porque queremos mais
Mais…muito mais do nosso querer

Quero-te, não
Queremo-nos muito…




..."Com a força do Amor,
saltaremos barreiras
na intensidade em que é vivida..!"

segunda-feira, 12 de março de 2012




PARA TI:

…”Pergunto-te se de mãos dadas
E seguindo em frente
Vamos envelhecer juntos?”…

NOSSO AMOR




Põe as tuas mãos nos meus ombros
E sente como estremeço
Com os suaves toques
De beijos quase a medo
Onde línguas saciam nossos desejos

Roupas esquecidas pelo chão
Num desvario em receio
Dos corpos enleando-se
Em serpentear delirante
Carícias e dedos deslizando
De anseios queridos

Gemidos sussurrados
Na mistura dos odores deixados
Degustados em conjunto
No prazer completo, inteiro
Numa cama onde lençóis são amor

De mãos dadas
Minha cabeça no teu peito descansa
Soltando um respirar cansado
Mas pleno de paixão
Duma entrega só nossa…

ENCONTRO




Quero ouvir da tua boca
Palavras doces
Encostadas ao ouvido
Num outra realidade
Só nossa

Quando falamos em Amor
Sorrimos
Mas uma dor aperta o coração
Pela distância tida em nós
E olhando o céu uma estrela brilha

Em cada manhã o sol volta a dar calor
Para o nosso encontro
Em rodopios de abraços em teu pescoço
Com juras de paixão e seladas de beijos
De corpos unidos fervendo plenos de ardor

Não gostamos pela metade
E de mãos dadas
Nada será deixado para depois…

domingo, 11 de março de 2012

ABRAÇO-ME



Os dias não passam
São iguais
Em ausência presente
Na imaginação de querer
Onde palavras banais
Cheiram a ocas

Num olhar que ouve
Promessas caladas
No silêncio dos lábios
Onde torrentes de beijos
Enleiam nossas almas

Com vontade de um abraço
Dos teus braços em mim
Cinjo-me ao meu calor
Longe de ti
…..

ESCREVER PARA TI




Queria agarrar na minha pena
Escrever-te tudo o que sinto
Com palavras meigas e doces
De emoção com ardor meu

Não importa o papel
Nem mesmo a tinta
São promessas ditas
Sentidas, gravadas na alma

Basta um olhar de ti
Que palavras soam a mais
Em silêncio calam tanto
De proferir que ecoam em nada

Bem profundo está inscrito
Em tinta que não pode escrever
Nossa chama de um amor
Pois é lava de um vulcão a derramar…