segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

DEIXAR DE PENSAR




Adormeço com o teu perfume
Com a distância do teu sentir
No cansaço de em ti me estar
E tua voz murmurar

Desejo teu acordar
Em fragrâncias de carícias
De beijos meu despertar

Teu querer ensandece
Fazer-me deixar de pensar
Fechar os olhos à razão
Numa explosão de emoções
Correndo como águas de um rio

Que transbordem do seu leito
Com profundas sensações
Deixando para trás o passado
Desejando intensamente o presente….

Sem comentários:

Enviar um comentário