segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

ROSA VERMELHA



Vieste ao meu encontro
de rosa vermelha na mão
quando me olhaste
pu-la ao peito
cheirando
seu aroma

Abraçados
prostramo-nos
sem palavras
sorrindo
ao enlevo da doce
rosa vermelha

Bem unidos
em beijos que o amar louco
juntava nossas bocas
onde tua língua
procurava a minha

Paixão
bocas coladas
Num olhar calado
pedindo mais
porque o desejo aumenta

Mas entre nós
existe uma rosa vermelha
bem no meu peito
De todo o nosso ardor…

1 comentário: