quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

DOCE PAIXÃO




Suaves
bocas que se colam
línguas se entrelaçam
dedos que percorrem
caminhos escondidos

Corpos que se colam
olhares que cruzam
pedem mais

Homem assinalando
em cheiros
suores
sabores

Mulher em seu cio
querendo mais
cruzando pernas
peles macias

Beijos
percorrem corpos
em sussurros
gemidos
até ao cansaço
numa plenitude
sentida a dois...

1 comentário:

  1. .

    --- Poemas de amor animam o sentido da vida: a busca da felicidade no outro (a). Amanheço com alegria de vivee! Obrigado, Fátima!

    ResponderEliminar