domingo, 19 de fevereiro de 2012

ENTREGA SUBLIME




Há um desejo ardente
De beijos profundos
Em toques suaves

Há um querer desenfreado
De sabores degustados
Em olhares meigos

Há um ondular de corpos
De vontade louca
Numa entrega sublime

Há lençóis enrugados
Na cama onde se uniram
Dois corpos num só

Sem comentários:

Enviar um comentário