sexta-feira, 1 de março de 2013

SONHOS AOS VENTOS





….Quando as esperanças
são levadas pelos ventos
Sinto-me despida de mim
No calor de um abraço

Aconchego-me
No colo das ilusões
Para no silêncio
Te ver chegar

Em quantas noites te vi sorrindo
No sossego de um beijo
Para que o sonho
Se desfizesse na fantasia
De te sentir partir…


Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

1 comentário:

  1. Os sonhos, as ilusões, aconchegam-nos nas palavras que escrevem em nós.

    Lindo poema
    abraço
    cvb

    ResponderEliminar

SOU MULHER E MISTÉRIO