quarta-feira, 13 de março de 2013

VOLTAREI PARA TI




Deixem -me subir ao morro mais alto
Na noite do meu regresso
Para dizer às estrelas que voltei

Voltarei
Sim, voltarei
Mas meu grito será abafado
Em lágrimas de júbilo
Pelo meu regresso

Que se afastem
Para que o meu choro
Enxugue todas as Saudades
Contidas e fechadas na minh’alma

Que o luar me abrace
No calor da noite,
Onde a terra escalda
Com os raios de sol

Sinto ainda o ardor no sangue
Que corre como rio selvagem,
Como o da minha terra,
Desaguando calmo e sereno
Em praias deslumbrantes

Ah minha terra,
Voltarei, sim voltarei
Numa noite envolta em manto de luar
Despedindo-se das estrelas
Para que eu veja o veludo do sol
Num lindo amanhecer

Quero sentir a brisa da minha intenção
Encher meu peito
Para poder gritar
Voltei para ti, minha Terra…


Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário