sábado, 23 de março de 2013

EU SEI




Eu sei,
Quando o sol se põe no horizonte
As lembranças voam
E o coração estremece

Eu sei,
A noite espreita pelo silêncio
Iluminando ruas na imaginação
Sentindo tua presença

Eu sei,
O toque meigo dos beijos,
Do olhar profundo de vontades
Num aconchego de enlevo

Eu sei,
O amor não tem distância
Clamando ao vento que passa
A ausência não existe…

Fátima Porto
Texto registado e protegido pelo IGAC

Sem comentários:

Enviar um comentário