domingo, 17 de março de 2013

EU E TU




Não digas nada,
Eu e tu somos metades
Que se completam
Por inteiro

Nada digas,
Porque palavras seriam demais
E por inteiro falamos
Mesmo que a distância
Se instale entre nós

As bocas caladas
Falam p’los nossos olhos
Em que corações ardem
Pelo nosso amor

Não digas nada,
Nossas metades estão unidas
Numa paixão que cuidam
E por ela vivemos

Tu e eu
Eu e tu
Somos apenas só um…


Fátima Porto
Registado e protegido pelo IGAC

1 comentário:

PRAIA DA SERENIDADE